Apple cogita deixar que usuários do iOS mudem navegador padrão

A Apple estuda a possibilidade de deixar usuários escolherem os aplicativos de terceiros como padrão no iOS. A mudança afetaria serviços como Safari, Mail e Apple Music, que poderiam perder espaço para os seus concorrentes no iPhone e no iPad.

A informação é da Bloomberg, que aponta ainda uma possível abertura para os serviços de streaming de música na Siri. Hoje, os usuários que pedem uma música para a assistente são levados automaticamente ao Apple Music.

O mesmo acontece no HomePod, que não é compatível com plataformas como o Spotify. Para reproduzir uma música no alto-falante a partir de um concorrente do Apple Music, é preciso conectar o iPhone ou o iPad ao equipamento por meio do AirPlay.

Caso a abertura seja efetivada, navegadores como Chrome e Firefox poderiam substituir o Safari e abrir um link. O mesmo aconteceria com o Gmail e o Firefox, que abririam links de e-mail no lugar do Safari.

A discussão sobre uma abertura para concorrentes acontece após a Apple ser alvo de investigação nos Estados Unidos. Os rivais da empresa alegam que há uma competição desleal no iOS para favorecer serviços como o Apple Music.

O Spotify, por exemplo, abriu um processo contra a Apple na União Europeia para questionar a taxa de 30% sobre as receitas obtidas pela App Store. A empresa afirmou que a cobrança impede a competição limpa entre os serviços.

Além disso, a compahia criticou justamente o fato de não poder ser o tocador padrão da Siri ou ser usado no HomePod. A abertura aos apps de terceiros resolveria problemas como esse, mas, de acordo com a Bloomberg, as discussões estão em um estágio inicial.

Nenhuma decisão foi tomada pela Apple até agora. No entanto, caso realmente aconteça, a mudança poderá ser efetivada ainda este ano com o iOS 14 e uma atualização de software do HomePod.

Apple cogita deixar que usuários do iOS mudem navegador padrão

Recommended Posts