Apple deverá abrir novo escritório na Alemanha para 1.500 funcionários

Como uma empresa global, a Apple tem seus pés fincados na Europa. Por lá, a base da empresa fica na Irlanda — ainda que exista uma grande expectativa por uma ampliação das operações no Reino Unido.

Isso, contudo, não quer dizer que a empresa não mantenha e pense em expandir seus tentáculos em outros países europeus: segundo informou o Süddeutsche Zeitun [Google Tradutor], a Maçã está pensando em abrir um novo escritório em Munique (na Alemanha).

A companhia já tem operações na cidade, no chamado Bavarian Design Center. Por lá, 300 engenheiros trabalham com chips de silício e outras tecnologias para dispositivos Apple. Mas os planos da empresa para a cidade mais populosa da Baviera parecem ser maiores.

Futuro escritório da Apple em Munique, na Alemanha
Render do prédio comercial “Karl”, projetado pelo arquiteto britânico David Chipperfield

O novo e suposto local da companhia será localizado em um novo prédio comercial que está sendo criado em Karlstrasse. Chamado “Karl”, o prédio está sendo construído onde antes ficava a sede da MAGAH e, quando terminado (provavelmente em 2021), deverá abrigar cerca de 1.500 funcionários.

A Apple teria alugado o espaço inteiro, de 30 mil metros quadrados, mas se recusou a responder perguntas sobre seus planos. Mesmo não comentando, a publicação alemã informa que Clemens Baumgartner (consultor de negócios) encontrou com Tim Cook na Oktoberfest durante uma visita do CEO à Alemanha em outubro de 2019.

Não está claro se os 300 engenheiros que já trabalham para a Apple em Munique serão transferidos para o novo escritório ou se a empresa manterá o local atual. Fato é que a Apple já está buscando pessoas para expandir sua equipe na cidade: mais de 60 vagas foram criadas as quais cobrem uma variedade áreas em pesquisa e desenvolvimento.

E com a recente aquisição dos negócios da Intel envolvendo modems 5G, é correto pensar que parte do novo espaço poderá ser usado pelos engenheiros da Intel baseados na Alemanha que trabalhavam por lá.

via MacRumors, AppleInsider

Recommended Posts