Apple em breve perderá o posto de empresa mais valiosa do mundo

https://www.shutterstock.com/pt/image-photo/shanghaichina-10-december-2017-night-scenic-779240956

” data-medium-file=”https://zazo.com.br/wp-content/uploads/2019/12/30-logo-apple-600×400.jpg” data-large-file=”https://macmagazine.uol.com.br/wp-content/uploads/2019/01/30-logo-apple-1260×840.jpg”>

A Apple teve hoje mais um dia histórico na NASDAQ.

Suas ações fecharam o dia em alta de 1,93%, cotadas a US$270,71 — novo valor recorde para a companhia, assim como o pico atingido durante o pregão, de US$271.

Com isso, o valor de mercado da companhia foi para US$1,223 trilhão.

A Microsoft, que vem logo atrás, subiu hoje 1,21% e está agora valendo US$1,158 trilhão.

Mas, em breve, a Apple perderá o título de empresa mais valiosa do mundo. E não, não será para a Microsoft.

IPO de petrolífera saudita

Conforme noticiou hoje a Reuters, a gigante petrolífera Saudi Aramco, da Arábia Saudita, está finalizando o processo do maior IPO da história.

Dentro de alguns dias, segundo estimativas, a empresa entrará na bolsa de valores saudita valendo cerca de US$1,7 trilhão — e ela tinha esperanças de superar a marca de US$2 trilhões. Não é à toa: a gigante lucra horrores com a sua operação.

Curiosamente, por muito tempo (lá nos idos de 2011-13), a Apple brigou com a petrolífera americana Exxon Mobil pelo título de empresa mais valiosa do mundo. No fechamento de hoje, ela está valendo “apenas” US$294 bilhões.

A Saudi Aramco estreará na bolsa saudita no dia 11 de dezembro, com seus papéis valendo US$8,53 cada.

imagem: ThewayIsee / Shutterstock.com

Recommended Posts