Apple faz recall de MacBooks Pro com risco de incêndio na bateria

A Apple anunciou nesta quinta-feira (20) um recall para proprietários de determinados MacBooks Pro de 15 polegadas comercializados entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017. Segundo a empresa, a bateria dessas máquinas pode superaquecer e apresentar risco de incêndio.

O problema afeta o MacBook Pro com tela Retina de 15 polegadas de meados de 2015, mas nem todas as unidades são problemáticas. Caso este seja o modelo do seu notebook, a Apple recomenda entrar nesta página e digitar seu número de série para verificar se você é elegível ao recall. O código pode ser localizado no menu , na opção Sobre Este Mac.

Se o seu MacBook Pro fizer parte do recall, será necessário agendar um horário em uma Apple Store, ou então encontrar um Centro de Serviço Autorizado Apple (AASP) para substituir a bateria. “O seu MacBook Pro será examinado antes de qualquer serviço para determinar se é elegível para este programa. O trabalho pode levar entre 1 e 2 semanas”, diz a Apple. Não há custo para a troca da peça.

Não é a primeira vez que um MacBook Pro é afetado por falhas na bateria, mas esta é uma das poucas vezes que a Apple está realizando um recall de fato — ou seja, um programa de reparo relacionado à descoberta de problemas de segurança. Certos MacBooks Pro de 13 polegadas produzidos entre 2016 e 2017 tinham baterias que estufavam, mas a Apple informava que isso não trazia riscos ao usuário.

Apple faz recall de MacBooks Pro com risco de incêndio na bateria

Recommended Posts