Bill Gates destina US$ 150 mi a vacinas de COVID-19 para países pobres

Bill Gates, através da Fundação Bill e Melinda Gates, anunciou que irá destinar ao menos US$ 150 milhões para a produção de vacinas contra a COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus) para países pobres. Com o montante anunciado, o objetivo é fabricar cerca de 100 milhões de doses de vacina que serão distribuídas a 92 países considerados de baixa e média renda.

Para isso, a fundação trabalha com a maior fabricante de vacinas do planeta, a Serum Institute of India (SII), que também é um dos principais fornecedores da Organização Mundial da Saúde (OMS). Com essa parceria, a fundação pretende reduzir o valor de cada dose para menos de US$ 3.

É importante frisar que ainda não há uma vacina 100% aprovada para a COVID-19, entretanto as pesquisas estão avançadas e algumas já estão no radar da Fundação Bill e Melinda Gates. Segundo a Gavi, uma organização sem fins lucrativos que trabalha ao lado da fundação, as candidatas são da AstraZeneca e da Novavax.

“Os pesquisadores estão fazendo um bom progresso no desenvolvimento de vacinas seguras e eficazes para COVID-19. Mas garantir que todos tenham acesso a elas, o mais rápido possível, exigirá uma tremenda capacidade de fabricação e uma rede de distribuição global”, disse o filantropo Gates.

Bill e Melinda Gates

“Muitas vezes vimos os países mais vulneráveis ​​deixados no final da fila quando se trata de novos tratamentos, novos diagnósticos e novas vacinas”, ressaltou o CEO da Gavi, Dr. Seth Berkley.

Vale lembrar que a Gavi e a Serum Institute of India já trabalham com a Fundação Bill e Melinda Gates para o fornecimento de 2 bilhões de vacinas para todos os países até o final do próximo ano.

Com informações: The Next Web.

Bill Gates destina US$ 150 mi a vacinas de COVID-19 para países pobres

Recommended Posts