Citroën Ami é um carro elétrico barato que não requer habilitação

Por mais que pareça um brinquedo, o Citroën Ami é um projeto bem sério. Ou pelo menos tenta ser: a novidade da montadora francesa é um carro elétrico de dois lugares e apenas 2,41 m de comprimento (por 1,39 m de largura) que começará a circular pela Europa nas próximas semanas. O detalhe mais interessante: ele poderá ser compartilhado.

Para quem decidir comprar o Citroën Ami, o preço deverá variar entre € 6.000 e € 7.000, dependendo do país. Haverá uma opção de leasing: após pagar € 2.644, o usuário poderá utilizar o veículo pagando € 19,99 por mês.

Haverá também uma modalidade de compartilhamento por aplicativo que exigirá assinatura mensal de € 9,90 e cobrará € 0,26 por minuto de uso.

Motoristas habituados a carros com dimensões convencionais provavelmente estranharão uma proposta como essa, mas o Citroën Ami é voltado para outro tipo de público: adultos que precisam de um carro apenas para viagens curtas ou jovens com idade a partir de 14 anos.

Sim, adolescentes também poderão conduzir o Citroën Ami: em muitos países da Europa, esse tipo de veículo (pequeno e de baixa potência) não requer carteira de motorista, logo, pode ser dirigido por jovens com idade mínima de 14 anos ou, em determinados locais, 16 anos.

A velocidade máxima do Citroën Ami é de 45 km/h e a autonomia é de até 70 km com uma carga completa. A bateria, de 5,5 kWh, precisa de até três horas de tomada para ficar completamente cheia.

Para diminuir os custos e o peso do veículo, a Citroën deixou de equipar o Ami com recursos que, hoje, são triviais nos carros convencionais. O diminuto automóvel não tem ar condicionado ou vidros elétricos, por exemplo. Já o painel é tão simples quanto o de uma moto comum — pelo menos há espaço ali para o smartphone.

É difícil dizer se a proposta da Citroën fará sucesso, mas há potencial na ideia: o Ami vem para ser um veículo barato, com dimensões adequadas para uso urbano, foco em públicos mais adeptos da tecnologia e, tanto quanto possível, pegada ecológica.

O Citroën Ami entrará em pré-venda no final de março na França e, posteriormente, em países como Alemanha, Espanha, Itália e Portugal. A expectativa é a de que as primeiras unidades sejam entregues em junho.

Com informações: The Verge.

Citroën Ami é um carro elétrico barato que não requer habilitação

Recommended Posts