Claro aceita auxílio emergencial para recarregar celular pré-pago

A Claro anunciou o suporte a recargas do pré-pago com saldo do auxílio emergencial de R$ 600 fornecido pelo governo. O site da operadora foi atualizado para suportar o cartão de débito virtual oferecido na Poupança Social Digital, permitindo que clientes continuem inserindo créditos no celular sem sair de casa.

A medida chega pouco após a Vivo divulgar novidade semelhante. Por enquanto, apenas o site clarorecarga.com.br está adaptado para o cartão de débito virtual. A Claro informa que todos os demais canais digitais da operadora — tal como o aplicativo para celular — serão compatíveis até o final de junho.

Além dos usuários da Poupança Social Digital, a medida vale para correntistas e donos de poupança da Caixa, que também podem criar um cartão de débito virtual dentro do app. Quem já é cliente da Caixa consegue recarregar diretamente pelo banco.

Claro dá bônus de 2 GB na recarga

Quem fizer uma recarga de R$ 15 ou mais receberá 2 GB de bônus. De acordo com o regulamento, isso será concedido para quem colocar créditos usando os canais digitais da operadora (aplicativo, site, telefone ou SMS) ou o internet banking do Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica Federal (inclusive Lotéricas), Itaú e Santander.

O bônus tem validade por 7 dias e não é cumulativo com outras ofertas que não integram os pacotes comprados pelos clientes.

Como recarregar TIM e Oi com auxílio emergencial

Ainda que TIM e Oi não tenham divulgado medidas para aceitar o cartão de débito virtual da Caixa, é possível utilizar o saldo do auxílio emergencial para efetuar através do PicPay ou RecargaPay.

Os dois apps permitem que beneficiários do programa do governo saquem o saldo para a carteira digital com o cartão de débito virtual Elo. A partir daí, é possível efetuar recargas e fazer pagamentos de contas.

Claro aceita auxílio emergencial para recarregar celular pré-pago

Recommended Posts