Deputado retira nome de projeto de lei que tenta banir 5G em SC

Um projeto de lei em Santa Catarina quer que haverá audiências públicas sobre o 5G com “especialistas desinteressados em defender apenas um dos lados da questão”.

Deputado diz que informação falsa “não é fake news”

O objetivo é ter uma ideia melhor dos estudos sobre o 5G, algo que seria bem-vindo antes de apresentar o projeto de lei: sua justificativa tem apenas uma página e cita apenas uma fonte — o vídeo “5G é pior do que VC pode IMAGINAR | Dr Lair Ribeiro” no YouTube.

Na justificativa, Machado também menciona uma notícia falsa, dizendo que “morreram cerca de 500 pássaros em 2 minutos” após um teste do 5G na Holanda. 337 aves foram encontradas mortas em um parque da cidade holandesa Haia no final de 2018; a prefeitura ainda não descobriu os motivos, mas nota que “não houve testes do 5G realizados para uma nova rede móvel perto de Huygenspark; isso pode ser descartado como causa da morte”.

Ao NSC Total, Machado diz que essa informação “não é fake news”, e que “há diversos estudos, inclusive com pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que comprovam que o 5G pode fazer mal à saúde humana”. O deputado não apresentou esses estudos nem os mencionou na justificativa do projeto de lei.

Requerimento do deputado Nilso Berlanda pede que “sejam tomadas as providências a fim de que seja retirado sua assinatura de apoio”:

Recommended Posts