DXOMARK premia melhores câmeras móveis de 2019; iPhone 11 Pro Max é o melhor para vídeos

Ainda nem chegamos em dezembro, mas o clima de fim de ano já se instalou nos coraçõezinhos de todo mundo — e, com ele, chegaram também as infinitas listas de “melhores do ano” nas categorias mais distintas. Ontem, foi a vez de o DXOMARK coroar as melhores câmeras de smartphones de 2019.

O laboratório, conhecido por seu disputadíssimo ranking, dividiu sua premiação em cinco categorias, e a Apple saiu vitoriosa em apenas uma delas — justamente a única que não se relaciona a fotografia estática.

Na escolha da melhor câmera móvel em termos gerais (incluindo foto e vídeo), era natural que os dois aparelhos com maior pontuação do ano fossem destacados. E assim foi: os vencedores foram o Huawei Mate 30 Pro e o Xiaomi Mi CC9 Pro Premium Edition (ufa!), com 121 pontos cada e elogios para a variedade de sensores e o pós-processamento automático de ambos.

Nessa categoria, o iPhone 11 Pro Max ficou com a recomendação “considere também”, por ter a terceira maior pontuação do ranking (117). O smartphone da Maçã, entretanto, foi o campeão na categoria vídeos, com 102 pontos; em termos de pontuação ele empatou com o Xiaomi Mi CC9 Pro Premium Edition, mas os cientistas da DXOMARK afirmaram que o iPhone teve resultados ainda melhores, com detalhes e sombras perfeitos mesmo em situações de alto contraste e um sistema de autofoco competente, com transições suaves.

O Xiaomi dos parágrafos acima (se eu escrever o nome inteiro de novo, este texto vai ficar maior que “Faroeste Caboclo”) foi campeão em mais uma categoria, a de melhor câmera para zoom, com 109 pontos. Aqui, a vitória foi arrasadora, pois o aparelho usa uma tecnologia exclusiva com duas teleobjetivas de distâncias focais diferentes, com zoom óptico verdadeiro a 2x e 4x.

O Galaxy Note10+ 5G, da Samsung, recebeu o troféu na categoria de melhor câmera ultra-angular, com 42 pontos — o iPhone 11 Pro Max foi o vice-campeão, com 40 pontos. Sobre o aparelho sul-coreano, os cientistas elogiaram o campo de visão ampliado (equivalente ao de uma lente de 12mm) e a boa qualidade de imagem, tanto em ambientes bem iluminados quanto em cenários mais desafiadores.

Por fim, o Huawei Mate 30 Pro foi coroado como o melhor aparelho para fotografia noturna, com 61 pontos. A companhia chinesa investiu muito dinheiro em sua tecnologia de fotografia computacional, e os resultados chegaram: o DXOMARK elogiou a capacidade do aparelho de produzir imagens altamente detalhadas e com ótimo alcance dinâmico mesmo com pouquíssima iluminação. Curiosamente, nenhum iPhone entrou nesse ranking, mesmo com os elogios ao Modo Noite.

E aí, concordam com as escolhas?


Botão - Comprar agora

iPhone 11 Pro e 11 Pro Max

de Apple

Preço à vista: a partir de R$ 6.299,10
Preço parcelado: em até 12x de R$ 583,25
Cores: cinza-espacial, prateada, verde meia-noite e dourada
Capacidades: 64 GB, 256 GB ou 512 GB
Lançamento: setembro de 2019

via Cult of Mac

Recommended Posts