Especialista não recomenda o Pro Display XDR para calibragem profissional de cores

Poucos dias depois de a PCMag publicar resultados de testes bem favoráveis ao Pro Display XDR, pintou no YouTube um vídeo de outra análise dele — essa feita pelo HDTVTest, canal especializado em avaliações detalhadas de televisores e monitores.

Boa parte da avaliação foi feita comparando o Pro Display XDR com o monitor de referência Sony BVM-HX310 — que, como a própria Apple citou na keynote de apresentação do seu monitor, pode custar mais de US$40.000.

Ou seja, se você acha injusto/absurdo/desnecessário comparar um monitor de US$5.000 com outro que custa 8x mais, saiba que quem começou com essa brincadeirinha foi a própria Apple.

E claro, para o reviewer Vincent Teoh, o Pro Display XDR não se equipara ao monitor da Sony e não pode ser recomendado para calibração profissional de cores — especialmente por demonstrar vazamento de brilho e certos artefatos em imagens predominantemente pretas (algo esperado num display IPS), bem como distorção de cores em certos ângulos.

Apesar disso, Teoh teceu vários elogios ao Pro Display XDR em relação ao seu design/acabamento, resolução, precisão de cores de fábrica e performance com imagens claras.

O monitor da Apple já está à venda no Brasil por R$45.000 (vidro padrão) ou por R$54.000 (vidro nano-texture, que tem uma refletividade ainda mais baixa). O Pro Stand, por sua vez, sai por R$8.700 — quem preferir por optar pelo adaptador de montagem VESA (para usar em qualquer suporte de parede, de mesa, base ou braço articulado VESA), são R$1.700.

dica do PointBreak

Recommended Posts