Ex-CEO da Uber vende ações da empresa e deixa conselho administrativo

A era de Travis Kalanick dentro da Uber chegou de vez ao fim. A empresa anunciou que seu cofundador e ex-CEO deixará o conselho administrativo na terça-feira (31) e encerrará uma relação que ficou mais distante nos últimos dois anos, após a renúncia ao seu cargo mais alto.

CEO da Uber entre 2010 e 2017, Kalanick deixou a posição devido às exigências de investidores. À epoca, a empresa estava envolvida em diversas polêmicas, como as centenas de denúncias de assédio sexual e a acusação de roubo de propriedade intelectual do Google.

A saída de Kalanick do conselho administrativo já era esperada. Desde novembro, ele vendeu mais de US$ 2,1 bilhões em ações da empresa e permaneceu com papéis avaliados em aproximadamente US$ 600 milhões, um quinto de seu patrimônio total.

Apesar de ser considerável, a venda teria um valor ainda maior caso as ações da Uber não tivessem caído após a estreia na bolsa de valores. Em maio, quando os papéis da companhia começaram a ser vendidos, eles foram avaliados em cerca de US$ 40 cada. Hoje, eles valem pouco mais de US$ 30.

Em comunicado da Uber, o executivo afirmou estar orgulhoso de tudo que a companhia alcançou. “No final da década e com a empresa agora pública, parece o momento certo para eu me concentrar nas minhas atividades comerciais e filantrópicas atuais”.

Em 2018, Kalanick criou o fundo de investimento 10100, que aportou US$ 150 milhões na City Storage Systems, uma empresa que possui dezenas de cozinhas no Reino Unido voltadas exclusivamente para o delivery. Ele agradeceu ao conselho, à equipe da empresa e a Dara Khsrowshahi, que ocupa o cargo de CEO desde agosto de 2017.

“Poucos empreendedores construíram algo tão profundo quanto Travis Kalanick fez com a Uber”, disse Khsrowshahi no mesmo comunicado. “Sou imensamente grato pela visão e tenacidade de Travis ao criar a Uber e por sua experiência como membro do conselho”.

Com informações: Uber, Engadget, Mashable.

Ex-CEO da Uber vende ações da empresa e deixa conselho administrativo

Recommended Posts