França vai cobrar taxa de serviços digitais de empresas como Facebook e Google

As gigantes da tecnologia como Google, Facebook e Apple terão de pagar um novo imposto na França. O país aprovou a criação da taxa de serviços digitais e exigirá o pagamento de 3% sobre a receita que as empresas tiverem em seu território.

  • , a Comissão Europeia estima que negócios convencionais paguem, na União Europeia, 23% de impostos sobre seus lucros, em média. Ao mesmo tempo, as empresas de internet pagam entre 8% e 9%.

    A taxa não irá considerar os lucros, e sim as vendas no país. Ela deverá afetar 30 empresas, incluindo Facebook, Alphabet, Apple, Amazon e Microsoft. O imposto também deverá ser pago por companhias da China, da Alemanha, da Espanha, do Reino Unido e da própria França.

    O governo francês promete revogar a taxa se uma medida semelhante for adotada internacionalmente. Uma proposta chegou a ser discutida na União Europeia e precisava de consenso para ser aprovada. No entanto, a medida teve a oposição de Irlanda, República Tcheca, Suécia e Finlândia.

    Enquanto a União Europeia não cria seu imposto de serviços digitais, a França poderá enfrentar uma guerra comercial com os Estados Unidos, que terão mais empresas afetadas. O governo americano abriu uma investigação e estuda a possibilidade de criar taxas como retaliação.

    De acordo com o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, a investigação determinará se o novo imposto francês é “discriminatório ou irracional” e se “sobrecarrega ou restringe o comércio dos Estados Unidos”.

    França vai cobrar taxa de serviços digitais de empresas como Facebook e Google

Recommended Posts