Google Chrome OS deve usar Ubuntu para rodar Steam

Detalhes dentro do código do Chrome OS revelam que um projeto interno do Chromium utiliza o Ubuntu para ter Linux, que já vem com o Steam pré-instalado. A novidade segue exatamente o mesmo caminho que foi ventilado no começo deste ano, quando o gigante das buscas começou a trabalhar com o Steam nos Chromebooks.

O Chrome OS já utiliza Linux por baixo dos panos faz tempo, sendo uma modificação da distribuição Debian e que permite rodar apps criados para este sistema operacional, mesmo que dentro de uma máquina virtual – um emulador, em outras palavras. Outros códigos encontrados recentemente mostram que o projeto do Linux mudou e com ele a distribuição utilizada também é outra.

Estes dados estão dentro de linhas do código aberto do Chromium, que aponta para um projeto chamado Borealis e que troca o Debian pelo Ubuntu. Assim como acontece no atual Debian, o Ubuntu provavelmente rodará dentro do Chrome OS e não será a mesma experiência que você pode ter ao baixar o sistema operacional, para instalar em um computador.

Um detalhe que chamou atenção é que este Ubuntu já traz o Steam pré-instalado. Pode ser a mão necessária para rodar jogos nos computadores com Chrome OS, mesmo que nos modelos mais simples. O Galaxy Chromebook, do outro lado e representando os modelos mais potentes, pode vir com processador Intel Core i5 de décima geração, 16 GB de RAM e SSD de 1 TB, é o suficiente até para jogos mais intensos.

A troca de Debian por Ubuntu reaquece este objetivo de jogos, já que a própria Valve, empresa que cuida do Steam, afirma que sua plataforma para games no Linux é otimizada para esta distribuição.

Ainda não existe data para o lançamento do Steam para Chrome OS e, até então, a única forma para jogar no Chrome OS está nos games que foram criados para Android e que podem ser baixados nativamente pela Play Store.

Com informações: 9to5Google.

Google Chrome OS deve usar Ubuntu para rodar Steam

Recommended Posts