Google prepara suporte para o Steam no Chrome OS

O Google está trabalhando com a Valve para que o Steam possa ser instalada dentro de computadores que rodam o Chrome OS, os Chromebooks. Ainda não há prazo para que a parceria dê frutos, mas sabemos que ela utilizará a base Linux que está em todo Chrome OS.

Até pouco tempo os Chromebooks eram literalmente computadores portáteis criados para rodar o navegador Google Chrome e webapps, ponto final. Depois o Google liberou apps Android nestes aparelhos e isso deixou todos os modelos compatíveis menos dependentes da internet – já que os aplicativos funcionam mesmo sem conexão.

Mesmo assim, a imensa maioria destes portáteis são criados com hardware básico e que consome pouca energia. Isso entrega autonomia invejável e ao mesmo tempo elimina a possibilidade de rodar jogos mais pesados. Em alguns raros casos, como o Pixelbook, o processador Intel Core i7 e 16 GB de RAM fazem o poder de fogo ser semelhante ao de notebooks gamer, só que sem uma placa gráfica dedicada.

Certamente o Google pensou neste caso quando chamou a Valve para levar o Steam para o Chrome OS. O fato do sistema ser baseado em Linux ajuda e é por ele que o Google vai trazer a plataforma de games, confirmou Kan Liu, diretor de gerenciamento de produto para o Chrome OS. Outro ponto pode estar na chegada dos primeiros modelos com processador AMD, que podem trazer uma APU com GPU bem generosa.

Mesmo com o Stadia, plataforma de jogos do Google, ter uma solução offline para jogos é bastante interessante e o Steam é recheada de jogos indie mais leves, que podem rodar em computadores sem uma GPU potente para este trabalho.

Com informações: Android Police.

Google prepara suporte para o Steam no Chrome OS

Recommended Posts