Google vai construir cabo submarino entre EUA e Europa

O Google anunciou nesta terça-feira (28) que iniciou a instalação de um novo cabo submarino para internet chamado de Grace Hopper, que parte dos Estados Unidos e vai até o Reino Unido, com uma divisão que para na Espanha.

Grace Hopper foi almirante e analista de sistemas da Marinha dos Estados Unidos, criadora da linguagem Flow-Matic, base do COBOL. A ligação entre os três pontos começa na cidade de Nova York, nos Estados Unidos e vai até Bude, no Reino Unido, bifurcando no final do caminho e indo uma parte para Bilbau, que fica no norte da Espanha.

cabo submarino google grace hopper

O Google já utiliza outros cabos submarinos pelo mundo, como é o caso do Currie que foi o primeiro da empresa e sai de Los Angeles, nos Estados Unidos e vai até Valparaíso, no Chile, percorrendo 10 mil quilômetros. Outro cabo importante é o Unity, que sai da cidade japonesa de Chikura e vai até Redondo Beach, na Califórnia.

Para o Brasil existem alguns, como o Monet que entrou em operação em 2017 e vai de Boca Raton, na Flórida e para em Fortaleza e Santos – cidade paulista que recebe outro cabo do Google, chamado Junior e que sai do Rio de Janeiro. Outro é o Tannat, que parte de Santos e vai até Las Toninas na Argentina e Maldonado no Uruguai.

O novo cabo deve ter sua instalação finalizada em 2022 e este será o primeiro do Google que chega até a Espanha, com objetivo de expandir a as regiões do Google Cloud para Madrid. Por dentro, ele utiliza 16 pares de fibra ótica e isso significa um aumento considerável na quantidade de pares em um só cabo que sai dos Estados Unidos e vai para a Europa.

Com informações: Google.

Google vai construir cabo submarino entre EUA e Europa

Recommended Posts