Huawei recebe mais 45 dias para continuar operando nos EUA

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos deu mais 45 dias para a Huawei continuar operando no país. A empresa está sob sanção desde maio de 2019 e poderá manter seus negócios com empresas americanas até 1º de abril.

Esta é a quarta licença temporária concedida pelos EUA desde que a fabricante chinesa entrou em sua lista de empresas proibidas. O Departamento de Comércio afirma que a medida foi adotada para que empresas e consumidores tenham tempo para mudarem para fontes alternativas de equipamentos, software e tecnologia.

“A extensão de 45 dias é necessária para oferecer aos provedores de telecomunicações — particularmente aqueles em comunidades rurais dos EUA — a possibilidade de continuarem operando, temporariamente e com segurança, as redes existentes enquanto identificam alternativas à Huawei para operações futuras”, diz o governo.

A empresa não se manifestou sobre a nova licença temporária, mas fez críticas ao governo quando ela foi emitida da última vez, em novembro. “Esta decisão não altera o fato de a Huawei continuar sendo tratada injustamente”, afirmou, à época.

O Departamento de Comércio diz que a empresa representa “um risco significativo de envolvimento em atividades contrárias aos interesses de segurança nacional ou de política externa dos Estados Unidos”. A companhia foi acusada formalmente de ter violado sanções contra o Irã e roubado segredos comerciais.

A Huawei afirma ao Tecnoblog que esta acusação é parte do plano dos EUA de provocar danos à sua reputação e aos seus negócios “por razões competitivas em vez de legais”. A empresa indica ainda que as alegações não têm fundamento e “são baseadas principalmente em disputas cíveis recicladas dos últimos 20 anos que já foram resolvidas.”

Com informações: Reuters, CNET

Huawei recebe mais 45 dias para continuar operando nos EUA

Recommended Posts