iOS 13.4, iPadOS 13.4, macOS Catalina 10.15.4, watchOS 6.2 e tvOS 13.4 chegam às suas terceiras versões beta [atualizado 2x]

A Apple acaba de disponibilizar, exata uma semana após as segundas, as terceiras versões beta do iOS/iPadOS 13.4 (compilações 17E5241d), do macOS Catalina 10.15.4 (19E242d), do watchOS 6.2 (17T5244c) e do tvOS 13.4 (17L5245b).

Como cobrirmos anteriormente, com esses updates a Apple passará a oferecer “Compras Universais” na App Store, além de termos também compartilhamento de pastas inteiras pelo iCloud Drive, Limites de Comunicação para o Tempo de Uso no macOS e controle de ponteiro do mouse com a cabeça (em Acessibilidade), novos controles de chamadas no CarPlay e suporte a mapas de terceiros no Dashboard, alguns novos tipos de adesivos (stickers) de Memojis, nova barra de botões no Mail, letras de músicas sincronizadas no Música do macOS, uma suposta nova API “CarKey”, modificadores de teclas no iPadOS, entre outros.

Por enquanto, as novas versões de testes estão disponíveis apenas para desenvolvedores, mas muito em breve elas deverão pintar também no Apple Beta Software Program.

Se pintarem mais mudanças visíveis nestas terceiras versões betas, como sempre atualizaremos este artigo.

Atualização 26/02/2020 às 15:40

A primeira novidade de hoje foi notada pelo desenvolvedor Benjamin Mayo:

Agora, é possível tocar em qualquer lugar na barra de endereço do Safari para colocar o cursor de digitação lá. Bem mais prático! 😉

Atualização II 26/02/2020 às 16:25

O 9to5Mac já encontrou também referências a um novo sistema identificado como “OS Recovery”, o qual supostamente poderá permitir que iGadgets sejam restaurados sem a necessidade de serem conectados a um Mac/PC com um cabo Lightning.

Por ora não há nenhum detalhe sobre como isso funcionará (e nem é certo que a Apple de fato lançará isso, já que há apenas referências iniciais em códigos internos das betas), mas é muito interessante principalmente quando pensamos no Apple Watch, na Apple TV e no HomePod, que nem sequer podem ser conectados a um computador para restauração.

A novidade certamente seria um passo adiante na jornada da Apple para tornar seus dispositivos cada vez mais independentes.

Recommended Posts