Microsoft e Intel garantem atualizações para notebooks da Huawei

Além dos smartphones, os outros eletrônicos da Huawei afetados pela lista negra dos Estados Unidos foram os notebooks: eles são equipados com processadores da Intel e rodam um sistema operacional da Microsoft, duas empresas americanas que não poderão mais fazer negócios com a chinesa. Mas ambas garantem que vão continuar fornecendo atualizações para os equipamentos já lançados no mercado.

É um pequeno alívio para os usuários que já adquiriram notebooks da Huawei, como o caríssimo Matebook X Pro, com tela de 14 polegadas, bordas reduzidas e webcam integrada ao teclado — ele foi lançado com preços a partir de 1.499 euros. O computador era vendido pela Microsoft Store nos Estados Unidos, mas foi retirado da loja após as sanções americanas.

Ainda que a situação continue complicada para os chineses, a Microsoft diz à PCWorld que “nossas avaliações iniciais da decisão do Departamento de Comércio dos Estados Unidos sobre a Huawei indicaram que poderemos continuar oferecendo atualizações de software da Microsoft para clientes com dispositivos da Huawei”.

Recommended Posts