Netflix vai liberar recurso para ajustar velocidade de reprodução

A Netflix vai começar a liberar uma ferramenta que permite assistir os filmes, séries e documentários da plataforma em velocidades diferentes. O recurso é basicamente o mesmo que já é amplamente utilizado em podcasts, além de funcionar mais ou menos da mesma forma como o YouTube faz.

Se você não tem tempo para assistir todas as três horas e vinte e nove minutos de O Irlandês, saiba que a plataforma de streaming vai permitir que os usuários aumentem ou diminuam a velocidade de reprodução do filme. O conteúdo poderá ser consumido em velocidades 50% ou 25% menores do que o tempo correto, ou então 25% e 50% mais rápido do que o normal.

Este recurso estava em testes desde outubro do ano passado, mas apenas para um pequeno grupo de usuários que acessam a Netflix a partir de um dispositivo Android. Agora, na versão que é liberada para todos, a velocidade de reprodução sempre começará no padrão do filme e pode ser alterada a qualquer momento. Se o usuário sair e voltar para o mesmo conteúdo, a velocidade é restaurada e precisa ser ajustada novamente.

Esta alteração na forma de assistir o filme, série ou documentário gera polêmica com alguns atores como Aaron Paul e diretores como Judd Apatow, Brad Bird e Peyton Reed, que preferem a reprodução na velocidade correta que foi pensada durante a produção. Christopher Nolan também está no time que não quer este controle, ao ponto que ele prefere lançamentos de seus filmes apenas em cinemas, já que lá o espectador não tem qualquer controle como luz, volume do som e não pode nem pausar o filme.

Rodar algo mais rápido é comum em podcasts, por mais que eu continue no lado da Força que escuta todos os programas na velocidade 1x mesmo. No YouTube o controle é ainda mais amplo do que na Netflix, permitindo o usuário assistir vídeos acelerados em até duas vezes – imagine só as três horas e 29 minutos de O Irlandês passando em uma hora e 44 minutos, que doido.

A novidade na Netflix será liberada a partir deste sábado (1), estará apenas no Android e levará algumas semanas para chegar para todos os assinantes.

Com informações: The Verge.

Netflix vai liberar recurso para ajustar velocidade de reprodução

Recommended Posts