Novo MacBook Air tem SSD mais lento que modelo de 2018

A Apple lançou um novo MacBook Air na semana passada que trouxe uma tela nova de 13 polegadas com tecnologia True Tone, um teclado borboleta de quarta geração para resolver os problemas de confiabilidade e, por incrível que pareça, ficou mais barato que a geração anterior no Brasil. E provavelmente este é o motivo: o SSD está ligeiramente mais lento.

“Mais barato” e “mais lento” talvez sejam palavras injustas — na verdade, o MacBook Air ficou menos caro, passando de R$ 10.399 para R$ 9.699 no modelo de entrada, enquanto o SSD, que chegava a bater taxas de transferência de 2 GB/s (gigabytes por segundo) em leitura, caiu para menos impressionantes 1,3 GB/s. Trata-se de uma queda de cerca de 35% na velocidade.

Quem descobriu a queda na taxa de transferência foi o site francês Consomac, notando que a velocidade de gravação permaneceu na casa de 1 GB/s no modelo de 256 GB. Já o novo MacBook Air de 128 GB atingiu velocidades de 1,3 GB/s em escrita e 500 MB/s de leitura nos testes — os valores são menores que os do novo MacBook Air de 256 GB, mas são os mesmos do modelo de entrada de 2018.

Recommended Posts