Sony deve produzir milhões de PS5 a mais para atender demanda na pandemia

A Sony prevê que a demanda pelo PlayStation 5 será maior do que o previsto antes da pandemia do novo coronavírus e do isolamento social, que leva mais pessoas a buscarem entretenimento dentro de casa. Por isso, a empresa planeja produzir milhões de unidades a mais ainda este ano, quando o console será lançado. Em vez de algo entre 5 ou 6 milhões, o plano agora é fabricar de 9 a 10 milhões de aparelhos.

Os números foram revelados por Bloomberg e Nikkei Asian Review. Para cumprir a nova meta, a Sony teria informado parceiros e fornecedores sobre a necessidade de intensificar a produção. Caso as projeções da Sony se concretizem, o PS5 terá um lançamento muito melhor do que seu antecessor. Lançado em novembro de 2013, o PlayStation 4 vendeu 4,2 milhões de unidades naquele ano.

Diante da mudança nos planos, a Sony espera fabricar 5 milhões de unidades do console até setembro e outras 5 milhões de outubro a dezembro. Os fornecedores também foram informados sobre a necessidade de produzir mais componentes para o controle DualSense, que, até então, teria apenas 10 milhões unidades fabricadas até março de 2021.

Mas, apesar de elevar a expectativa da Sony para o lançamento do PlayStation 5, a pandemia também representa um desafio logístico. Como destaca a Bloomberg, a empresa poderá ter mais dificuldades para enviar o console da China, onde está a maior parte de sua produção, para outros países por conta da operação reduzida de empresas aéreas.

Facebook aumenta produção do Oculus Quest

Assim como a Sony, o Facebook aumentou suas projeções de vendas em meio à pandemia. A empresa vai intensificar a produção de equipamentos de realidade virtual, como o Oculus Quest, que funciona sem PC ou celular. O objetivo é vender 2 milhões de dispositivos de realidade virtual até o final do ano, 50% a mais do que o registrado em 2019.

Lançado há pouco mais de um ano, o Oculus Quest começará a ser produzido em larga escala ainda este mês. A aposta na realidade virtual acontece depois que as vendas da Oculus melhoraram os números da categoria batizada pelo Facebook como “outros”. No primeiro trimestre de 2019, o segmento teve alta de 80% e garantiu receita de US$ 297 milhões.

Com informações: Engadget.

Sony deve produzir milhões de PS5 a mais para atender demanda na pandemia

Recommended Posts