Apple quer impedir que startup use logotipo de pera

Ninguém nega que a Apple tem uma marca extremamente valiosa, poderosa, estabelecida e reconhecível. É fato, também, que o logo da maçã é explorado a torto e a direito por empresas mal-intencionadas que tentam lucrar em cima dessa fama.

Mas a Apple às vezes pisa na bola, e o caso de hoje é daqueles vergonhosos. Ela está indo para cima de uma startup chamada Prepear, que está tentando registrar o seu logotipo com o símbolo de uma pera.

View this post on Instagram

Dear Instagram Friends- I NEED YOUR HELP! I know there are a lot of heavy things going on in the world right now, and this is nothing in comparison, but I need your help in a situation that is affecting me, my family, and my coworkers. Please help! Many of you know that I started a business called Prepear almost 5 years ago. It is an app that you can store all your recipes in one place, plan your meals, make grocery lists, and get your groceries delivered all in one place. Recently @apple yes, The trillion dollar Apple, has decided to oppose and go after our small business’ trademark saying our pear logo is too close to their apple logo and supposedly hurts their brand? This is a big blow to us at Prepear. To fight this it will cost tens of thousands of dollars. The CRAZY thing is that Apple has done this to dozens of other other small business fruit logo companies, and many have chosen to abandon their logo, or close doors. While the rest of the world is going out of their way to help small businesses during this pandemic, Apple has chosen to go after our small business. I’m not trying to get anyone to stop using or buying Apple products. I feel a moral obligation to take a stand against Apple’s aggressive legal action against small businesses and fight for the right to keep our logo. We are defending ourselves against Apple not only to keep our logo, but to send a message to big tech companies that bullying small businesses has consequences. HOW YOU CAN HELP: 1 Sign the petition (link in my bio or in my stories) 2 Share that same link on Facebook, Instagram, Twitter, etc. http://chng.it/QPd2mRYW #savethepearfromapple

A post shared by Healthy Kids Recipes•Routines (@superhealthykids) on

Seja sincero: tirando o fato de ambos os logos representarem frutas com uma folhinha no caule, há alguma semelhança entre eles?

Pior: a Prepear é simplesmente dona de um app de receitas e planejamentos gastronômicos, ou seja, não há nem sequer um conflito empresarial em jogo aqui.


Ícone do app Prepear

Prepear

de Prepear, Inc.

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 20.7.3 (29.7 MB)
Requer o iOS 9.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app PrepearScreenshot do app PrepearScreenshot do app PrepearScreenshot do app PrepearScreenshot do app PrepearScreenshot do app PrepearScreenshot do app Prepear

Obviamente, uma startup como a Prepear não tem força nem poderio financeiro para brigar de frente com uma Apple, então eles estão — com razão — apelando para o apoio público, inclusive com um abaixo-assinado online contra essa ação tirana da Maçã.

Embora a Prepear esteja tornando o caso público só agora, ela afirma já ter gastado “milhares de dólares” com essa briga e foi inclusive obrigada a fazer uma demissão — e isso numa equipe hoje de apenas cinco pessoas.

Apple, vai catar coquinho!

via iPhone in Canada

WhatsApp trabalha em sincronização do seu histórico de mensagens em múltiplos dispositivos

Já tem bastante tempo, usuários do WhatsApp aguardam por um recurso que possibilitará o seu uso em diversos dispositivos, de forma totalmente independente do iPhone, como é hoje.

Quando isso for lançado, provavelmente veremos também o WhatsApp ganhando uma versão oficial para iPads.

Hoje, o blog WABetaInfo noticiou que já está em testes um recurso que está diretamente ligado a essa possibilidade: sincronização do seu histórico de mensagens entre múltiplos dispositivos.

Um dos grandes diferenciais do Telegram, por exemplo, em relação ao WhatsApp é que toda a sua conta e o seu histórico de chats ficam armazenados na nuvem. É por isso que você pode logar de qualquer lugar, inclusive pela web, e automaticamente ter acesso a todas as suas mensagens.

Como o WhatsApp não funciona assim, o recurso descoberto pelo WABetaInfo indica que, ao adicionar um novo dispositivo à sua conta (até quatro serão aceitos, segundo eles), o app necessitará de uma conexão Wi-Fi para baixar o seu histórico recente de mensagens. A partir daí, tudo ficará devidamente sincronizado.

Ainda há dúvidas se o Facebook permitirá que uma mesma conta seja usada, por exemplo, num iPhone e num Android. Isso porque os sistemas de mensagens de ambos são diferentes, mas pode ser que eles estejam trabalhando também para unificar isso de uma vez por todas.

Vamos torcer que isso tudo não demore muito mais a se tornar realidade…


Ícone do app WhatsApp Messenger

WhatsApp Messenger

de WhatsApp Inc.

Compatível com iPhones
Versão 2.20.81 (132.4 MB)
Requer o iOS 9.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Vídeo: faça mágica em suas fotos com o Luminar para Mac/PC

O que não faltam na App Store são editores de imagens de todos os tipos, para todos os níveis de usuários — alguns gratuitos, outros pagos. Mas muitos se esquecem do poder de um software desse num ambiente desktop.

No vídeo de hoje, lhes apresentaremos o Luminar. Nós já falamos dele aqui no site há uns anos, mas em sua versão 4 ele está agora melhor do que nunca.

Um dos grandes diferenciais do Luminar é que ele utiliza bastante inteligência artificial, aliada a aprendizado de máquina, para aprimorar certas ferramentas de edição e nos oferecer alguns recursos extras surreais — como a possibilidade de substituirmos o céu de uma foto com um clique.

Acho que o vídeo deverá lhes dar uma boa noção da coisa. O Luminar está disponível tanto para Mac quanto para PC, e pode rodar como um aplicativo independente ou como plugin/extensão do Photoshop, do Lightroom ou do próprio Fotos, da Apple.

Outra coisa legal: ele não é baseado em modelo de assinatura, e sim no clássico “comprou, usou”. Uma versão de testes (trial) está disponível para download, também. Divirtam-se! 😉

Conhecendo o Living Computers Museum + Labs, em Seattle

Autor convidado

Julio Madeira

É gerente de desenvolvimento, entusiasta da Apple desde de 2009 e orgulhoso proprietário de um Macintosh SE HD de 1987 em funcionamento. Vira e mexe escreve alguns artigos para o MacMagazine, como convidado.

Você já pensou em programar ou pelo menos digitar alguma coisa em um Apple II? E em um Apple I? E se nesse lugar você também puder programar no BASIC que Bill Gates e Paul Allen escreveram para o famoso MITS Altair? E se eu lhe disser que dá para fazer tudo isso, em um único lugar?! 

Eu amo museus. Sempre que eu viajo, aproveito para conhecer um pouco da cultura local e sempre visito um museu. Em minha última viagem para Seattle (Washington), em janeiro deste ano, tive oportunidade de visitar e conhecer o Living Computers Museum + Labs

Enquanto eu procurava um museu local ou um ponto histórico, dei de cara com esse museu. Confesso que não esperava muito, mas quando soube que é possível interagir com os equipamentos, achei que era o local perfeito para ir!

O Living Computer Museum foi fundado originalmente por Paul G. Allen (1953-2018) e hoje opera como uma instituição de caridade, sem fins lucrativos.

Com o apoio do seu fundador, o museu abriu sua coleção de computadores antigos para o público ver e usar. Em 2016, ele foi ampliado com a adição de exposições no 1º andar com tecnologia atual, além de três laboratórios práticos de aprendizado de Ciências da Computação.

Depois, recebeu o nome Living Computers: Museum + Labs, mostrando computadores antigos e oferecendo sessões interativas. Isso dá aos visitantes a chance de realmente usar os computadores no museu! Uma expansão dele permite experiências com tecnologias mais modernas, como carros autônomos, internet das coisas, big data e robótica, mas confesso que, para um geek como eu, a parte dos computadores antigos é bem mais interessante. O LCM+L também hospeda uma ampla variedade de programas e eventos educacionais em suas salas de aula e laboratórios de última geração.

De acordo com o site do LCM+L, seu objetivo é “dar vida às nossas máquinas para que o público possa experimentar como era vê-las, ouvi-las e interagir com elas. Tornamos nossos sistemas acessíveis, permitindo que as pessoas venha interagir com eles.”

O site atual compartilha da mesma forma:

O Living Computers: Museum + Labs fornece uma experiência prática única, com tecnologia de computador da década de 1960 até o presente. O LCM+L honra a história da computação com a maior coleção do mundo de supercomputadores, mainframes, minicomputadores e microcomputadores totalmente restaurados e utilizáveis.

Em julho passado, o museu foi fechado devido à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), mas sem dúvida se trata de um lugar que vale a pena você deixar na agenda para uma oportunidade futura, numa visita a Seattle.

Abaixo, uma pequena parte dos muitos computadores que existem lá e estão à disposição dos visitantes — escolhi algumas fotos que fazem sentido para quem curte a história da computação.

Osciloscópio - Living Computers Museum + Labs

Aqui temos um osciloscópio que foi usado em 1958 como uma tela para o primeiro jogo do mundo. Alguns cientistas descobriram que um osciloscópio poderia mostrar os resultados na tela, e eles simularam uma partida de tênis — na tela ao lado, o jogo “Tennis for Two” criado por eles na década de 1950.

MITS Altair rodando o Basic - Living Computers Museum + Labs

Nesta foto, temos um terminal burro que acessa um MITS Altair rodando o Basic criado por Gates e Allen no dormitório deles, em Harvard.

Apple I - Living Computers Museum + Labs

Na foto acima, é possível ver um Apple I em um case de acrílico transparente onde é possível programar no BASIC sem ponto flutuante – escrito à mão por Steve Wozniak. 

Contrato de sociedade entre Bill Gates e Paul Allen - Living Computers Museum + Labs

Aqui você vê o primeiro contrato de sociedade entre Gates e Allen para a fundação da Microsoft, em 1977.

Temos também o Xerox Palo Alto, equipamento que mostrou a Steve Jobs tecnologias como Ethernet, email, mouse e interface gráfica.

Intel 4004 - Living Computers Museum + Labs

Antes do processador Intel Pentium, existiam os 486, 386 e 286. Antes deles, tínhamos o PC AT-XT e, antes, o PC XT — que utilizava o processador Intel 8080 ou 8088. O avô desses processadores foi o Intel 4004, o qual provou que os microcomputadores eram viáveis.

Apple I vendido da Radio Shack - Living Computers Museum + Labs

Quem conhece a história de Jobs sabe da passagem dele vendendo placas do Apple I na loja Radio Shack; abaixo, um dos computadores vendidos por eles na década de 1980.

Lisa - Living Computers Museum + Labs

Lá também é possível conhecer e usar o famoso Lisa.

Sala com Apple II - Living Computers Museum + Labs

E, por fim, uma sala de aula repleta de Apple II, onde é possível aprender e programar MS-BASIC sem se preocupar com o tempo.

·   •   ·

Sei que Seattle não é um local muito turístico, mas, caso você esteja na região, é — sem sombra de dúvida — uma ótima pedida. Além de ser um museu sem fins lucrativos, visitá-lo se torna uma verdadeira viagem no tempo e ajuda a manter vivo o sonho de Paul Allen (de manter essa memória viva e ao alcance de todos).

Os 5 artigos mais lidos no MacMagazine: de 2 a 9 de agosto

Semanalmente, destacamos aqui os 5 artigos mais lidos no MacMagazine — caso você tenha perdido algum ou queira reler a matéria (e/ou seus comentários).

Eis a lista da vez, de 2 a 9 de agosto:

“iPhones 12” poderão ser lançados em duas fases

Apple disponibiliza as quartas versões beta do iOS 14, do iPadOS 14, do watchOS 7 e do tvOS 14 [atualizado 2x: macOS Big Sur]

Como encontrar animais em 3D pelo Google e tirar fotos divertidas

Vídeo: app alerta se você esteve próximo de alguém com COVID-19

Widget do Apple TV, YouTube em 4K no Safari e mais novidades das quartas versões beta do iOS 14 e do macOS Big Sur

Boa (re)leitura! 😉

Como checar o nível de bateria dos AirPods Pro numa base carregadora sem fio

Entre as dezenas de conveniências oferecidas pelos AirPods Pro aos usuários do ecossistema da Apple, uma das mais legais é o fato de que você pode checar o nível de bateria deles em qualquer um dos seus dispositivos: na Central de Controle do iPhone, iPad ou Apple Watch, na barra de menus do Mac ou mesmo com a Siri.

Entretanto, há momentos em que você não está com nenhum dos seus dispositivos por perto e só quer checar o nível de bateria do estojo dos seus fones. Por exemplo: você pode ter repousado a case dos AirPods Pro numa base de carregamento sem fio e só quer saber se já pode retirá-la de lá ou se ainda deve deixá-la por mais alguns minutos. É possível? Sim, é possível.

A própria Apple dá o caminho das pedras — e não poderia ser mais fácil: para checar o nível de bateria do estojo dos AirPods Pro enquanto ele estiver sobre uma base de carregamento sem fio, basta tocar na case. Se o LED indicador ficar âmbar, isso significa que ele ainda está carregando; se ficar verde, o estojo já está completamente carregado e você pode tirá-lo de lá.

Não sabemos por que essa pequena conveniência só está disponível nos AirPods Pro — ao que me consta, o estojo dos fones mais caros não conta com nenhuma tecnologia especial para reconhecer o toque, então fica aí o mistério. Da mesma forma, a dica só funciona para quando o estojo estiver sobre uma base de recarga sem fio; se você estiver recarregando os fones via cabo Lightning, nada feito.

Nos nossos testes, percebemos que o LED fica verde pouco antes de o estojo atingir os 100% de carga: geralmente, quando a bateria chega aos 98%, a luzinha já indica que o carregamento está completo. Também não há uma razão clara para isso, mas é provável que a Apple simplesmente considere os 98% um nível de carga apropriado para que você tire os AirPods Pro da base de recarga sem perder minutos de uso posteriormente.

Curtiram a dica? Deixem sugestões e comentários logo abaixo, como de costume. 😉

Filmes da semana: compre a animação infantil “Como Treinar o Seu Dragão 3”, além de vários outros títulos, por R$9,90!

Semanalmente a Apple escolhe um Filme da semana na iTunes Store, cuja compra (mesmo em 4K/HDR, dependendo da produção) sai por R$9,90, e nós do MacMagazine também aproveitamos para garimpar outras ofertas com o mesmo valor.

O título selecionado pela Maçã desta vez foi “Como Treinar o Seu Dragão 3”, animação infantil com vozes de Jay Baruchel, America Ferrera, Cate Blanchett, Gerard Butler, Jonah Hill, Craig Ferguson, Kristen Wiig, F. Murray Abraham, Kit Harington, Christopher Mintz-Plasse e Justin Rupple.

Confira o trailer dele:

Eis a sinopse do filme:

Da DreamWorks Animation chega este surpreendente conto sobre amadurecer, encontrar coragem para enfrentar o desconhecido… e saber que nada nunca nos prepara para as perdas. O que começou como uma improvável amizade entre um Viking adolescente e um assustador dragão Fúria da Noite, tornou-se uma épica trilogia percorrendo suas vidas. Quando a súbita aparição de uma fêmea dragão, Fúria da Luz, coincide com a mais sombria ameaça que a vila jamais viu, Soluço e Banguela têm que viajar a um mundo oculto, que é considerado um mito. Neste último capítulo, Soluço e Banguela vão finalmente descobrir seus verdadeiros destinos, com dragão e cavaleiro lutando juntos para proteger tudo o que construíram e amam.

Como de praxe, nosso leitor Renato Alan Promenzio [@tripalavra], que é cinéfilo de carteirinha, também nos enviou um comentário sobre o filme:

Que franquia mais bacana! Ao longo de três filmes muito temas foram abordados, tais como inclusão, superação, entre outros. Acompanhamos o desenvolvimento dos personagens e seus anseios, inclusive de forma temporal, fazendo com que essa franquia valha a pena. O roteiro é bom, a direção é segura e o resultado, também. Recomendo se possível assistir desde o primeiro filme, mas, se não der, vá em frente e se divirta.


Capa do filme Como Treinar o Seu Dragão 3

Como Treinar o Seu Dragão 3

de Universal Pictures

Classificação: livre
Gênero: infantil e família
Lançamento: 2019
Diretor: Dean Deblois


Nota na iTunes Store

Minha nota

Outros filmes por até R$9,90

Todos os filmes a seguir também estão em promoção neste momento por apenas R$9,90, mas é bom correr pois o preço deles pode subir a qualquer momento:


Capa do filme A Era Da Escuridão

A Era Da Escuridão

de Grimm Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2017
Diretor: Jee-Woon Kim


Capa do filme Até o Fundo

Até o Fundo

de Chic Films

Classificação: 14 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2017
Diretor: Nicolas Benamou


Capa do filme A Filha do General

A Filha do General

de Paramount

Classificação: 18 anos
Gênero: suspense
Lançamento: 1999
Diretor: Simon West


Capa do filme Os Bons Companheiros

Os Bons Companheiros

de Warner Bros.

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 1990
Diretor: Martin Scorsese


Capa do filme O Preço da Coragem (Legendado)

O Preço da Coragem (Legendado)

de Paramount

Classificação: 12 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2007
Diretor: Michael Winterbottom


Capa do filme Argo

Argo

de Warner Bros.

Classificação: 10 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2012


Capa do filme A Hora da Mudança

A Hora da Mudança

de Medusa Film

Classificação: livre
Gênero: comédia
Lançamento: 2017
Diretor: Salvatore Ficarra


Capa do filme Breakdown

Breakdown

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: suspense
Lançamento: 1997
Diretor: Jonathan Mostow


Capa do filme Segredos de uma Novela (Legendado)

Segredos de uma Novela (Legendado)

de Paramount Pictures

Classificação: livre
Gênero: comédia
Lançamento: 2001
Diretor: Michael Hoffman


Capa do filme Um Espírito Atrás de Mim

Um Espírito Atrás de Mim

de Dreamworks

Classificação: 12 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2009
Diretor: David Koepp


Capa do filme O Terno de Dois Bilhões de Dólares (The Tuxedo)

O Terno de Dois Bilhões de Dólares (The Tuxedo)

de Paramount

Classificação: 12 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2002
Diretor: Kevin Donovan


Capa do filme Approaching the Unknown

Approaching the Unknown

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2016
Diretor: Mark Elijah Rosenberg


Capa do filme Deixe-me Entrar

Deixe-me Entrar

de Overture Films

Classificação: 14 anos
Gênero: terror
Lançamento: 2011
Diretor: Matt Reeves


Capa do filme Fora de Controle (Legendado)

Fora de Controle (Legendado)

de Paramount

Classificação: 12 anos
Gênero: suspense
Lançamento: 2002
Diretor: Roger Michell


Capa do filme De Volta para o Inferno

De Volta para o Inferno

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 1983
Diretor: Ted Kotcheff


Capa do filme Filhos do divórcio

Filhos do divórcio

de Paramount

Classificação: 12 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2014
Diretor: Stuart Zicherman


Capa do filme Fé De Mais Não Cheira Bem

Fé De Mais Não Cheira Bem

de Paramount

Classificação: 12 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2004
Diretor: Richard Pearce


Capa do filme Corra que a Polícia vem Aí 33 1/3 (Legendado)

Corra que a Polícia vem Aí 33 1/3 (Legendado)

de Paramount Pictures

Classificação: livre
Gênero: comédia
Lançamento: 2000
Diretor: Peter Segal


Capa do filme Coisas que Perdemos pelo Caminho

Coisas que Perdemos pelo Caminho

de Dreamworks

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2008
Diretor: Susanne Bier


Capa do filme Refém De Um Criminoso

Refém De Um Criminoso

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2015
Diretor: Jerry Jameson


Capa do filme O Céu Pode Esperar (Legendado)

O Céu Pode Esperar (Legendado)

de Paramount

Classificação: 12 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2001
Diretor: Chris Weitz


Capa do filme Hot Rod - Loucos Sobre Rodas (Legendado)

Hot Rod – Loucos Sobre Rodas (Legendado)

de Paramount

Classificação: 16 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2007
Diretor: Akiva Schaffer


Capa do filme Olho por Olho (Eye for an Eye)

Olho por Olho (Eye for an Eye)

de Paramount

Classificação: 16 anos
Gênero: suspense
Lançamento: 1996
Diretor: John Schlesinger


Capa do filme Orange County - Correndo Atrás do Diploma (Legendado)

Orange County – Correndo Atrás do Diploma (Legendado)

de Paramount Pictures

Classificação: livre
Gênero: comédia
Lançamento: 2002
Diretor: Jake Kasdan


Capa do filme Ashby

Ashby

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2015
Diretor: Tony McNamara


Capa do filme Um Sonho, Dois Amores

Um Sonho, Dois Amores

de Paramount

Classificação: livre
Gênero: romance
Lançamento: 1995
Diretor: Peter Bogdanovich


Capa do filme Gran Torino (Legendado)

Gran Torino (Legendado)

de Warner Bros.

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2009
Diretor: Clint Eastwood


Capa do filme Sob o Domínio do Mal (Legendado)

Sob o Domínio do Mal (Legendado)

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: suspense
Lançamento: 2004
Diretor: Jonathan Demme


Capa do filme Nota Máxima

Nota Máxima

de Paramount Pictures

Classificação: 12 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2004
Diretor: Brian Robbins


Capa do filme Blade Runner

Blade Runner

de Warner Bros.

Classificação: 14 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 1982
Diretor: Ridley Scott


Capa do filme A Marca (Legendado)

A Marca (Legendado)

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: suspense
Lançamento: 2004
Diretor: Philip Kaufman


Capa do filme A Origem

A Origem

de Warner Bros.

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2010
Diretor: Christopher Nolan


Capa do filme O Pagamento (Legendado)

O Pagamento (Legendado)

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: ficção científica
Lançamento: 2004
Diretor: John Woo


Capa do filme Voltar A Morrer

Voltar A Morrer

de Paramount

Classificação: 16 anos
Gênero: suspense
Lançamento: 1992
Diretor: Kenneth Branagh


Capa do filme Maratona da Morte (Legendado)

Maratona da Morte (Legendado)

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: suspense
Lançamento: 1976
Diretor: John Schlesinger


Capa do filme O Inferno É Para os Heróis

O Inferno É Para os Heróis

de Paramount

Classificação: 12 anos
Gênero: clássicos
Lançamento: 1962
Diretor: Don Siegel


Capa do filme O Terror das Mulheres (The Ladies Man)

O Terror das Mulheres (The Ladies Man)

de Paramount Pictures

Classificação: livre
Gênero: clássicos
Lançamento: 2013
Diretor: Jerry Lewis


Capa do filme Começou em Nápoles

Começou em Nápoles

de Paramount

Classificação: 12 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 1960
Diretor: Melville Shavelson


Capa do filme Caminhos Ásperos

Caminhos Ásperos

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: faroeste
Lançamento: 1953
Diretor: John Farrow


Capa do filme Matar ou Morrer

Matar ou Morrer

de Paramount Pictures

Classificação: 12 anos
Gênero: faroeste
Lançamento: 1953
Diretor: Fred Zinnemann


Capa do filme El Dorado

El Dorado

de Paramount

Classificação: livre
Gênero: faroeste
Lançamento: 1992
Diretor: Howard Hawks


Capa do filme A Chave do Enigma

A Chave do Enigma

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: clássicos
Lançamento: 1991
Diretor: Jack Nicholson


Capa do filme Lágrimas do Céu (The Rainmaker)

Lágrimas do Céu (The Rainmaker)

de Paramount Pictures

Classificação: 12 anos
Gênero: clássicos
Lançamento: 1957
Diretor: Joseph Anthony


Capa do filme Irmão Sol, Irmã Lua

Irmão Sol, Irmã Lua

de Paramount

Classificação: livre
Gênero: clássicos
Lançamento: 2013
Diretor: Franco Zeffirelli


Capa do filme A História De Oliver

A História De Oliver

de Paramount Pictures

Classificação: livre
Gênero: drama
Lançamento: 2004
Diretor: John Korty


Capa do filme O Olho do Mal

O Olho do Mal

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2008
Diretor: David Moreau


Capa do filme Sem Lei e Sem Alma (Legendado)

Sem Lei e Sem Alma (Legendado)

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: faroeste
Lançamento: 1957
Diretor: John Sturges


Capa do filme Justiça Cega (Legendado)

Justiça Cega (Legendado)

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: suspense
Lançamento: 1990
Diretor: Mike Figgis


Capa do filme O indomado (Legendado)

O indomado (Legendado)

de Paramount Pictures

Classificação: 12 anos
Gênero: clássicos
Lançamento: 1963
Diretor: Martin Ritt


Capa do filme Os Infiltrados

Os Infiltrados

de Warner Bros.

Classificação: 18 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2006
Diretor: Martin Scorsese


Capa do filme Intriga Internacional (North by Northwest)

Intriga Internacional (North by Northwest)

de Warner Bros.

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 1959
Diretor: Alfred Hitchcock


Capa do filme Jogada De Risco

Jogada De Risco

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 1999
Diretor: Paul Thomas Anderson


Capa do filme O Sol de Cada Manhã - O Homem do Tempo

O Sol de Cada Manhã – O Homem do Tempo

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2006
Diretor: Gore Verbinski


Capa do filme Waiting for “Superman”

Waiting for “Superman”

de Paramount

Classificação: 10 anos
Gênero: documentário
Lançamento: 2010
Diretor: Davis Guggenheim


Capa do filme Torre de marfim: A crise universitária norte-americana

Torre de marfim: A crise universitária norte-americana

de Paramount

Classificação: 10 anos
Gênero: documentário
Lançamento: 2014
Diretor: Andrew Rossi


Capa do filme Uma Verdade Mais Inconveniente

Uma Verdade Mais Inconveniente

de Paramount

Classificação: 10 anos
Gênero: documentário
Lançamento: 2017
Diretor: Bonni Cohen


Capa do filme O seresteiro de Acapulco (Fun in Acapulco)

O seresteiro de Acapulco (Fun in Acapulco)

de Paramount

Classificação: livre
Gênero: clássicos
Lançamento: 2003
Diretor: Richard Thorpe


Capa do filme Lua de papel

Lua de papel

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: clássicos
Lançamento: 1973
Diretor: Peter Bogdanovich


Capa do filme Mais Forte que o Ódio (Legendado)

Mais Forte que o Ódio (Legendado)

de Paramount Pictures

Classificação: 12 anos
Gênero: suspense
Lançamento: 1988
Diretor: Peter Hyams


Capa do filme 48 Horas - Parte 2

48 Horas – Parte 2

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 1990
Diretor: Walter Hill


Capa do filme Um Senhor Estagiário

Um Senhor Estagiário

de Warner Bros.

Classificação: 10 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2015
Diretor: Nancy Meyers


Capa do filme Contact (1997)

Contact (1997)

de Warner Bros.

Classificação: 12 anos
Gênero: drama
Lançamento: 1997
Diretor: Robert Zemeckis


Capa do filme Os imperdoáveis

Os imperdoáveis

de Warner Bros.

Classificação: 14 anos
Gênero: faroeste
Lançamento: 1992


Capa do filme Um Sonho de Liberdade

Um Sonho de Liberdade

de Warner Bros.

Classificação: 12 anos
Gênero: drama
Lançamento: 1994
Diretor: Frank Darabont


Capa do filme Curvas Da Vida

Curvas Da Vida

de Warner Bros.

Classificação: livre
Gênero: drama
Lançamento: 2012
Diretor: Robert Lorenz


Capa do filme O Contador (2016)

O Contador (2016)

de Warner Bros.

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2016
Diretor: Gavin O’Connor


Capa do filme Sully: O Herói do Rio Hudson

Sully: O Herói do Rio Hudson

de Warner Bros.

Classificação: 10 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2016
Diretor: Clint Eastwood


Capa do filme A Eleição

A Eleição

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 1999
Diretor: Alexander Payne


Capa do filme O Juiz

O Juiz

de Warner Bros.

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2014
Diretor: David Dobkin


Capa do filme Quatro Irmãos (Legendado)

Quatro Irmãos (Legendado)

de Paramount Pictures

Classificação: 16 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2005
Diretor: John Singleton


Capa do filme Baywatch - S.O.S. Malibu (Versão ampliada)

Baywatch – S.O.S. Malibu (Versão ampliada)

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2017
Diretor: Seth Gordon


Capa do filme A Menina e o Leão

A Menina e o Leão

de Galatée Films

Classificação: livre
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2019
Diretor: Gilles De Maistre


Capa do filme Missão: Impossível - Protocolo Fantasma (Legendado)

Missão: Impossível – Protocolo Fantasma (Legendado)

de Paramount

Classificação: livre
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2011
Diretor: Brad Bird


Capa do filme O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS

O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2015
Diretor: Alan Taylor


Capa do filme "A VIGILANTE DO AMANHÃ Ghost in the Shell"

“A VIGILANTE DO AMANHÃ Ghost in the Shell”

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: ficção científica
Lançamento: 2017
Diretor: Rupert Sanders


Capa do filme Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida

Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida

de Lucas Film

Classificação: 14 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 1981
Diretor: Steven Spielberg


Capa do filme As Tartarugas Ninja - Fora das Sombras

As Tartarugas Ninja – Fora das Sombras

de Paramount Pictures

Classificação: 12 anos
Gênero: infantil e família
Lançamento: 2016
Diretor: Dave Green


Capa do filme Cowboys & Aliens (Legendado)

Cowboys & Aliens (Legendado)

de Dreamworks

Classificação: 12 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2011
Diretor: Jon Favreau


Capa do filme Entrando Numa Fria

Entrando Numa Fria

de Dreamworks

Classificação: 12 anos
Gênero: comédia
Lançamento: 2001
Diretor: Jay Roach


Capa do filme As Tartarugas Ninja

As Tartarugas Ninja

de Paramount Pictures

Classificação: 12 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2014
Diretor: Jonathan Liebesman


Capa do filme Guerra dos Mundos (2005)

Guerra dos Mundos (2005)

de Dreamworks

Classificação: 12 anos
Gênero: ficção científica
Lançamento: 2005
Diretor: Steven Spielberg


Capa do filme O Poderoso Chefão, Parte II (Legendado)

O Poderoso Chefão, Parte II (Legendado)

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 1974
Diretor: Francis Ford Coppola


Capa do filme Ladrão de Casaca (Legendado)

Ladrão de Casaca (Legendado)

de Paramount

Classificação: 14 anos
Gênero: clássicos
Lançamento: 1988
Diretor: Alfred Hitchcock


Capa do filme Guerra Mundial Z (versão estendida)

Guerra Mundial Z (versão estendida)

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: terror
Lançamento: 2013
Diretor: Marc Forster


Capa do filme Cemitério Maldito

Cemitério Maldito

de Paramount Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: terror
Lançamento: 2019
Diretor: Kevin Kolsch


Capa do filme The Amazing Spider-Man

The Amazing Spider-Man

de Columbia Pictures Industries, Inc.; Laura Ziskin Productions; Marvel Studios

Classificação: 10 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2012
Diretor: Marc Webb


Capa do filme Homem-Aranha: Aranhaverso

Homem-Aranha: Aranhaverso

de Columbia Pictures Corporation

Classificação: 10 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2019
Diretor: Rodney Rothman


Capa do filme Homem-Aranha: Longe De Casa

Homem-Aranha: Longe De Casa

de Columbia Pictures

Classificação: 10 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2019
Diretor: Jon Watts


Capa do filme Venom

Venom

de Columbia Pictures Corporation,Marvel Entertainment

Classificação: 14 anos
Gênero: ação e aventura
Lançamento: 2018
Diretor: Ruben Fleischer


Capa do filme O Jogo da Imitação

O Jogo da Imitação

de Black Bear Pictures

Classificação: 14 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2015
Diretor: Morten Tyldum


Capa do filme The Rover - A Caçada "Versão em Português"

The Rover – A Caçada “Versão em Português”

de Porchlight Films

Classificação: 16 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2014
Diretor: David Michod


Capa do filme Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhador

Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhador

de Paramount Pictures

Classificação: 12 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2015
Diretor: Lasse Hallström


Capa do filme Gravidade

Gravidade

de Warner Bros.

Classificação: 12 anos
Gênero: drama
Lançamento: 2013
Diretor: Alfonso Cuarón

·   •   ·

Aos interessados, aproveitem! 😀