Tópicos do MM Fórum: trocar pasta térmica, discos duplicados, escrever com iPad e mais!

Semanalmente, nosso moderador Ramon Nicotari seleciona cinco tópicos que estejam rolando no MM Fórum para serem destacados por aqui.

MM Fórum

Os tópicos são escolhidos de acordo com o nosso bom senso, pelo número de respostas, pela atualidade do assunto e/ou por quão úteis eles podem ser para o público em geral. Vamos aos links desta semana?

Tópico Autor Respostas
Desnecessário trocar pasta térmica? roberktum 10
Discos duplicados macOS Catalina – utilitário de disco Arthur Vidal Ferreira 3
Mac novo descarregando bateria DigDig 3
escrever com iPad – substituir MacBook Air marcosfisica 2
Como instalar programas em HD Secundário no Mac Mojave Welington Augusto Schneider 1

Boas discussões, pessoal! 😉

Promoções do dia na App Store: Grim Fandango Remastered, Metadata, Noizio e mais!

Fechando a semana com a nossa tradicional seleção de promoções nas App Stores!

Grim Fandango Remastered é um clássico dos jogos de computador.

Manny Cavalera é um agente de viagens do Departamento da Morte, responsável por vender pacotes para o “outro lado”. Mas nem tudo são flores no paraíso e, por isso, você deverá ajudar Manny a resolver a conspiração que ameaça o descanso eterno.


Ícone do app Grim Fandango Remastered

Grim Fandango Remastered

de Double Fine Productions, Inc.

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.0.4 (3.5 GB)
Requer o iOS 8.0 ou superior

R$ 18,90 R$ 54.90

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Grim Fandango Remastered

Nota na App Store

Minha nota

Um dos jogos mais aclamados de aventura de todos os tempos agora está de volta, melhor que nunca. Grim Fandango é a épica história dos quatro anos de vida (ou de morte) de Manny Calavera, o agente de viagens dos mortos, que foi remasterizada no visual, no som e na jogabilidade, que está ainda melhor do que na época em que o título venceu o prêmio GameSpot em seu lançamento original. Grim Fandango ainda é um clássico do gênero, com inesquecíveis personagens e uma combinação única de filme noir com folclore mexicano.

Imperdível! 😉

Ah, outros jogos da Double Fine Productions estão gratuitos:


Ícone do app Day of the Tentacle Remastered

Day of the Tentacle Remastered

de Double Fine Productions, Inc.

Compatível com Macs
Versão 1.7 (2.4 GB)
Requer o macOS 10.7 ou superior

Grátis R$ 7.90

Badge - Baixar na Mac App Store

Código QR Código QR


Full Throttle Remastered

de Double Fine Productions, Inc.

Compatível com Macs
Versão 1.5 (4.8 GB)
Requer o macOS 10.7 ou superior

Grátis R$ 54.90

Badge - Baixar na Mac App Store

Código QR Código QR


Broken Age

de Double Fine Productions, Inc.

Compatível com Macs
Versão 2.5 (2.2 GB)
Requer o macOS 10.7 ou superior

Grátis R$ 54.90

Badge - Baixar na Mac App Store

Código QR Código QR

·   •   ·

Abaixo outros aplicativos/jogos que, juntos, somam quase R$58 de desconto:

Apps para iOS


Ícone do app Metadata

Metadata

de Tom Coomer

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.6.1 (8.1 MB)
Requer o iOS 11.0 ou superior

Grátis R$ 7.90

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Metadados.


Bomb: A Modern Missile Command

de Sami AlAwadi

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.3.6 (76.8 MB)
Requer o iOS 9.0 ou superior

Grátis R$ 7.90

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Defenda sua cidade.


Countdown

de Rob Sammons

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple WatchesCompatível com o iMessage
Versão 5.7 (75.7 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior

Grátis R$ 3.90

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Contagem regressiva.

App para macOS


Ícone do app Noizio — Calm, Meditate, Sleep

Noizio — Calm, Meditate, Sleep

de Kyrylo Kovalin

Compatível com Macs
Versão 2.0.6 (99.2 MB)
Requer o macOS 10.13 ou superior

R$ 37,90

Badge - Baixar na Mac App Store

Código QR Código QR

Sons para relaxar, meditar e dormir.

·   •   ·

Aproveitem as ofertas e tenham um ótimo final de semana. Ah, lembrando que elas são sempre por tempo limitado, então é bom correr! Se puder, fique em casa. 🏡

MacMagazine no Ar #380: ECG no Brasil, carregadores de smartphones, GPUs e Thunderbolt em Macs com Apple Silicon e mais!

E hoje é dia de MacMagazine no Ar! 😃 Esta é a 380ª edição do nosso podcast.

Participantes do dia

A edição é obra do Eduardo Garcia [@edugarcya].

Pauta do episódio

Nosso podcast está disponível no Apple Podcasts, no Spotify, no Deezer, num perfil do portal SoundCloud ou diretamente num feed RSS.

Ouça pelo SoundCloud

Ouça no Spotify

Participe!

Quer tirar alguma dúvida geral, fomentar alguma discussão, enviar críticas ou sugestões, debater algo dito no nosso podcast? Envie um email para noar@macmagazine.com.br, quem sabe ele poderá ser lido/respondido no próximo episódio. 😉


Capa do podcast - MacMagazine no Ar

MacMagazine no Ar

de MacMagazine

Episódio: #380
Gravação: 9 de julho de 2020
Duração: 52min15
Trilha sonora: ‎Alok

WhatsApp Desktop ganha Modo Escuro; Twitter deixará de funcionar no iOS 11 e anteriores

Mais um dia, mais uma leva de novidades da App Store! Vamos a elas?

WhatsApp Desktop

Como nós anunciamos recentemente, o aplicativo WhatsApp Desktop para macOS finalmente ganhou um Modo Escuro próprio, para a sorte das nossas retinas. Entretanto, ele não segue sua preferência global do sistema: você precisa configurá-lo manualmente na aba “Tema” das preferências do aplicativo.

Vale notar que, acompanhando as novidades, o WhatsApp Web também recebeu um Modo Escuro para chamar de seu.

O WhatsApp Desktop pode ser baixado gratuitamente na Mac App Store.

Twitter


Ícone do app Twitter

Twitter

de Twitter, Inc.

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple TV
Versão 8.26 (127.1 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app TwitterScreenshot do app TwitterScreenshot do app TwitterScreenshot do app TwitterScreenshot do app Twitter

Enquanto isso, o Twitter chegou com uma notícia ruim para donos de iPhones mais antigos: a partir da sua versão 8.26, já disponível, o aplicativo oficial da rede social não traz mais suporte ao iOS 11 e anteriores — efetivamente deixando de fora os iPhones 5/5c, iPads de quarta geração e todos os outros ainda não atualizados para versões mais recentes do sistema.

A princípio, será possível continuar utilizando o aplicativo na versão 8.25 caso você ainda esteja no iOS 11, mas você deixará de receber os novos recursos e ferramentas de segurança do app. Além disso, a equipe de desenvolvimento do Twitter afirmou que ele “não oferecerá mais suporte a dispositivos com o iOS 11 ou versões anteriores” — ou seja, há o risco de o app simplesmente deixar de funcionar a qualquer momento.

Nike Run Club


Ícone do app Nike Run Club

Nike Run Club

de Nike, Inc

Compatível com iPhonesCompatível com Apple WatchesCompatível com o iMessage
Versão 6.9.1 (293.2 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Nike Run ClubScreenshot do app Nike Run ClubScreenshot do app Nike Run ClubScreenshot do app Nike Run ClubScreenshot do app Nike Run ClubScreenshot do app Nike Run Club

O aplicativo de corridas da Nike, por sua vez, recebeu uma boa novidade na sua versão para watchOS: agora, é possível utilizar o app mesmo que o relógio não esteja conectado ao iPhone.

Scanner Pro


Ícone do app Scanner Pro

Scanner Pro

de Readdle Inc.

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com o iMessage
Versão 7.7 (122.8 MB)
Requer o iOS 11.0 ou superior

R$ 14,90

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Scanner ProScreenshot do app Scanner ProScreenshot do app Scanner ProScreenshot do app Scanner ProScreenshot do app Scanner ProScreenshot do app Scanner Pro

Por fim, o aplicativo da Readdle para escanear documentos chegou à versão 7.7 com algumas melhorias: temos agora a opção de selecionar todos os documentos em uma pasta de uma vez só, e o carregamento de documentos do iCloud está muito mais rápido (e é exibido na ordem correta),

O recurso de arrastar e soltar, por sua vez, foi reconstruído para funcionar corretamente — desde o lançamento do iOS 13, ele estava apresentando comportamentos estranhos em dispositivos com 3D Touch.

Apple recomenda: não feche seu MacBook (Air ou Pro) com uma proteção na câmera

Neste mundo onde privacidade é item de luxo e está cada vez mais difícil manter a nossa intacta, muita gente acaba recorrendo a soluções físicas para impedir que a sua vida seja invadida por meios digitais.

Falo, por exemplo, da possibilidade de tapar a câmera de Macs com algum tipo de cobertura para evitar que alguém lhe espie sem o seu consentimento — algo que chegou a viralizar após uma imagem mostrar Mark Zuckerberg usando uma fita adesiva para cobrir a câmera do Mac dele.

O que não faltam por aí são soluções — até mesmo elegantes — para você cobrir a câmera, mas a Apple tem um recado para você: não feche seu MacBook (Air ou Pro) com uma proteção assim.

Em um documento de suporte, a empresa afirma que “se você fechar o notebook Mac com uma cobertura na câmera, a tela poderá ser danificada”. A Maçã argumenta que a folga entre a tela e o teclado é desenvolvida com “tolerâncias restritas”, e que cobrir a câmera integrada também pode interferir no sensor de luz ambiente e impedir o funcionamento de recursos como o brilho automático e o True Tone.

Em vez de cobrir a câmera, a Apple sugere duas coisas aos usuários: observar a luz indicadora verde da câmera e escolher quais apps podem ter acesso à câmera.

Luz indicadora da câmera do MacBook Air

A câmera FaceTime HD integrada ao Mac foi desenvolvida levando-se em conta sua privacidade e usa uma luz indicadora que fica verde quando ela está ativa. Assim, você sempre sabe quando ela está ligada.

A câmera não é ativada sem que a luz indicadora também acenda. É assim que você identifica se sua câmera está ativada.

Você pode ainda controlar quais apps têm acesso à câmera — desde o macOS Mojave, o sistema pede sempre permissão na primeira vez que você abrir um app que requeira o uso da câmera. Ainda assim, se você quiser verificar, revogar ou conceder quais apps têm permissão para usar sua câmera, vá em Preferências do Sistema » Segurança e Privacidade » Privacidade » Câmera e faça as mudanças desejadas.

Área do macOS listando os apps que utilizam a câmera

Agora, se mesmo assim você ainda quer colocar uma proteção física em cima da câmera (caso o seu trabalho exija, por exemplo), a Apple pede para você se atentar a três coisas:

  • A cobertura não deve ser mais grossa que um papel comum de impressora (0,1mm).
  • Se você usar uma cobertura da câmera mais grossa que 0,1mm, remova-a antes de fechar o computador.
  • Evite usar uma cobertura da câmera que deixe resíduos adesivos.

E é bom você seguir mesmo essas recomendações, pois o artigo não foi colocado no ar à toa. No Reddit, por exemplo, o usuário koolbe disse que cobriu a câmera do seu MacBook Pro de 16″ com um protetor bem fino — algo que ele fez, vale notar, em Macs anteriores sem nenhum problema.

Resumo da ópera: a tela acabou quebrando, o reparo custou cerca de 2 mil dólares canadenses — e ainda demorou bastante pois, na época, o MBP de 16″ era uma máquina relativamente nova e as peças para reparo ainda não estavam disponíveis no estoque.

Enfim, todo cuidado é pouco!

via MacRumors

Rumor: Foxconn já começou a testar produção de lentes para o “Apple Glass”

Depois de um período de hibernação, os rumores em torno do “Apple Glass” voltaram com força total há alguns meses. E agora, parece que a coisa está finalmente ganhando tração — basta ver essa reportagem recente1 do The Information.

Segundo uma fonte anônima ouvida pelo veículo, a Apple e a Foxconn fizeram uma conquista importante nas últimas semanas, relacionada aos elementos mais importantes do dispositivo: suas lentes. Mais precisamente, as empresas finalizaram a fase de protótipos da peça e iniciaram testes de produção.

De acordo com o The Information, a Maçã está desenvolvendo as lentes do “Apple Glass” há cerca de dois anos — vale lembrar que, também há cerca de dois anos, a empresa adquiriu a Akonia Holographics, especializada exatamente nesse tipo de peça. No fim das contas, a Apple teria optado por um modelo semitransparente e polarizado, ligeiramente maior do que lentes de óculos comuns (para acomodar toda a tecnologia embarcada nos headsets).

A Foxconn está realizando os testes de produção em uma das suas fábricas em Chengdu (sudoeste da China), local de produção de boa parte dos iPads vendidos no mundo. Apesar disso, ainda levará tempo até que as lentes sejam produzidas em massa — ainda precisaremos esperar um ano ou dois até que a produção encontre um bom ritmo para o lançamento do produto.

Rumores recentes indicaram que a Apple deverá lançar dois dispositivos de realidade aumentada: primeiramente, um headset AR nos moldes do Oculus Rift em 2022; no ano seguinte, chegariam os óculos de realidade aumentada (o “Apple Glass” propriamente dito) com design mais discreto. O The Information não especificou se as lentes que entraram em testes de produção são do primeiro ou do segundo modelo.

Ainda assim… bom saber que as coisas estão acontecendo, pelo menos.

via Cult of Mac

Após meses de queda, vendas de Macs voltam a crescer no 2º trimestre de 2020

Quem acompanhou as notícias tecnológicas ao longo dos últimos meses certamente leu sobre a queda gradual nas vendas de Macs desde o fim do ano passado — nós, por exemplo, falamos sobre isso em janeiro e em abril últimos.

Agora, voltamos ao assunto com um certo alívio para a Maçã.

Gartner

A Gartner chegou com os números das vendas globais de computadores no segundo trimestre de 2020 e trouxe boas notícias não só para a Apple, mas para todo o mercado: depois de um primeiro trimestre de retração (por conta da pandemia do novo Coronavírus, é claro), o segmento viu uma retomada nesse período mais recente — e a gigante de Cupertino cresceu ainda mais do que a média.

Mais especificamente, a Apple manteve o quarto lugar do segmento, com 4,3 milhões de Macs despachados no trimestre, um crescimento de 5,1% em relação ao mesmo período de 2019; agora, a Maçã detém 6,7% do mercado. O mercado de computadores como um todo despachou quase 65 milhões de dispositivos, crescendo 2,8% em relação ao segundo trimestre do ano passado.

Vendas de PCs no segundo trimestre de 2020, Gartner

Lenovo e HP continuam representando a díade sagrada do segmento, com 16 milhões de dispositivos vendidos cada — a HP, entretanto, cresceu 17,1% na comparação ano a ano, enquanto a Lenovo subiu apenas 4,2%. A Dell, por sua vez, manteve a medalha de bronze, ainda que com uma leve retração nas vendas. Acer e ASUS completaram o Top 6.

IDC

A IDC também liberou suas estimativas em relação ao segundo trimestre, com números muito mais animadores para a Apple. Segundo a firma, a Maçã vendeu 5,6 milhões de Macs no período — um salto de 36% em relação ao segundo trimestre de 2019. O mercado como um todo, por sua vez, teria crescido 11,2%.

Vendas de PCs no segundo trimestre de 2020, IDC

Naturalmente, nenhuma das duas estimativas é exata, já que a Apple e outras fabricantes não divulgam os números exatos de vendas dos seus produtos. De qualquer forma, o departamento comercial de Cupertino aparentemente pode respirar aliviado… por ora.


MacBook Air 2018 de frente para box

Botão - Comprar agora

MacBook Air

de Apple

Preço à vista: a partir de R$9.269,10
Preço parcelado: em até 12x de R$858,25
Cores: cinza espacial, dourado ou prateado
Lançamento: 2020


MacBook Pro de 13"

Botão - Comprar agora

MacBook Pro

de Apple

Preço à vista: a partir de R$12.806,10
Preço parcelado: em até 12x de R$1.185,75
Cores: cinza espacial ou prateado
Lançamento: maio de 2020

via MacRumors