Uber exige código de segurança antes da viagem para mais passageiros no Brasil

A Uber está expandindo um recurso de segurança no Brasil e em outros países da América Latina: é preciso informar um código de quatro dígitos ao motorista antes de iniciar a corrida. Esse PIN pode ser recebido via SMS ou diretamente no aplicativo. A empresa testa agilizar esse processo autorizando a viagem através de ultrassom.

Os relatos vêm se acumulando no Twitter ao longo das últimas 24 horas, vindos do Brasil, México, Argentina, Chile, Equador e Costa Rica. No geral, o código de segurança chega por SMS, em vez de aparecer no aplicativo.

“Os códigos garantem as informações corretas quando a sua localização exata não pode ser determinada pelo nosso sistema”, explica a Uber para uma usuária. “É enviado para o celular, inserido no app do motorista e a viagem poderá ser iniciada normalmente. Será solicitado em algumas viagens.”

Esse recurso vem sendo testado desde junho, e oficializado em um evento no início deste mês. “O usuário poderá optar por receber uma senha de quatro dígitos, que deve ser dita ao motorista para que ele consiga iniciar a viagem no aplicativo”, diz a empresa.

Uber envia código de segurança

Uber não informou usuários sobre código de segurança

No futuro, o código de segurança será transmitido por ultrassom ao celular do motorista: dessa forma, o processo de validação será automático, e o passageiro receberá uma confirmação no smartphone (como uma vibração).

Mas, por enquanto, o código de verificação vem pegando usuários de surpresa. O aplicativo não parece dar nenhum aviso prévio de que será necessário informar um PIN ao motorista: é um problema se o celular estiver sem bateria, ou se você pede o carro para outra pessoa.

Questionada pelo Tecnoblog sobre a mudança, a assessoria da Uber mencionou um release divulgado há duas semanas avisando que novos recursos de segurança “serão testados em algumas cidades”.

Além dessa novidade, a Uber vem testando um recurso para que o passageiro ou o motorista inicie uma gravação de áudio caso se sinta inseguro; isso poderá ser usado em investigações ou compartilhado com as autoridades.

E, com a verificação de viagem (Ride Check), o aplicativo da Uber usa os sensores do seu smartphone para detectar eventos inesperados durante a viagem, como paradas imprevistas ou acidentes.

Uber exige código de segurança antes da viagem para mais passageiros no Brasil

Recommended Posts