WhatsApp e Facebook são afetados por mudança de privacidade no iOS 13

O WhatsApp, Facebook Messenger e outros aplicativos deverão ser reprojetados para funcionarem no iOS 13: o novo sistema da Apple coloca mais limites sobre a API usada para ligações VoIP, que até então permitia a coleta de dados em segundo plano. A empresa vem destacando a privacidade como um diferencial de seus produtos, incluindo o iPhone.

O Facebook diz em comunicado ao The Information que “as mudanças na próxima versão do iOS não são insignificantes, mas estamos conversando com a Apple sobre como melhor abordá-las”.

Além disso, o Facebook promete que não coleta dados através do recurso de chamadas VoIP: “que fique claro, estamos usando a API PushKit de VoIP para fornecer uma experiência de mensagens privada e global, não com a finalidade de coletar dados”.

iOS 13 limita coleta de dados durante chamadas VoIP

O iOS oferece uma API para desenvolvedores chamada PushKit: ela acorda o iPhone quando recebe uma notificação, abre o aplicativo correspondente e permite que ele rode em segundo plano. Isso é útil para chamadas VoIP, pois consome menos bateria do que manter uma conexão sempre ativa com um servidor.

A Apple explica que “as notificações do PushKit nunca exibem alertas, nem adicionam um número ao ícone do seu aplicativo, nem reproduzem sons”. Ou seja, o usuário não sabe quando o aplicativo com PushKit está rodando — e ele pode estar em segundo plano coletando dados.

No iOS 13, o PushKit só permite que um app rode em segundo plano para realizar chamadas VoIP e nada mais. Os desenvolvedores têm até abril de 2020 para adaptarem seus aplicativos na App Store.

Alguns apps como Snapchat e WeChat usam o PushKit para permanecerem ativos em segundo plano e receberem mensagens mais rápido; eles também terão que se adaptar.

Recommended Posts